Fale conosco

Normas TCC

Regulamento Interno do Trabalho de Conclusão dos Cursos de Graduação em Odontologia e Fonoaudiologia da Faculdade de Odontologia de Bauru da Universidade de São Paulo
(Aprovado pela Comissão de Graduação da FOB-USP, em sua reunião de 23/06/2005 e atualizações aprovadas em 04/04/2011, 12/09/2011 e 09/12/2019)

   O Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) representa uma exigência do Conselho Nacional de Educação, resoluções CES, 03/2002 e 05/2002, que instituem, respectivamente, as Diretrizes Curriculares Nacionais para os Cursos de Graduação em Odontologia e Fonoaudiologia. No Art. 12 das referidas resoluções lê-se: “Para conclusão do Curso de Graduação (em Odontologia e Fonoaudiologia) o aluno deverá elaborar um trabalho sob orientação docente”.
O presente regulamento contém informações gerais sobre os procedimentos relacionados às disciplinas de Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) em Odontologia e Fonoaudiologia.

 

CAPÍTULO I – DO CONCEITO 

Art. 1º – Deverá consistir de trabalho dissertativo, em forma de monografia ou artigo científico (formato alternativo), abordando temas pertinentes às áreas de Odontologia e Fonoaudiologia e ser elaborado pelo aluno sob a orientação de um professor da FOB.

Art. 2º – O TCC poderá ser um trabalho de revisão de literatura, um relato de caso clínico, um trabalho de ensino, extensão ou pesquisa, o qual pode ser decorrente (ou não) de bolsas em nível de Graduação tais como: PIBIC, PET, PUB, FAPESP.

 

CAPÍTULO II – DOS OBJETIVOS

Art. 3º – O TCC tem por finalidade propiciar ao aluno:
I – aprofundamento do conhecimento num tema relacionado à profissão;
II – estímulo à investigação, leitura, redação e síntese.

 

CAPÍTULO III – DA DISCIPLINA DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO

Art. 4º – Ficará sob coordenação da Comissão de Graduação da FOB/USP e responsabilidade dos respectivos orientadores.

Art. 5º – Compete à Comissão:
I – divulgar as normas do TCC para os alunos e professores, previamente ao período estabelecido para matrícula na disciplina;
II – referendar a escolha do orientador pelo aluno mediante a entrega do formulário para a conclusão da matrícula;
III – cuidar para que o calendário seja rigorosamente cumprido;
IV – mediar, se necessário, as relações entre professor orientador e orientando(s);
V – receber o TCC e referendar a avaliação do orientador em sua forma final e definitiva.

 

CAPÍTULO IV – DOS REQUISITOS GERAIS DA DISCIPLINA DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO

Art. 6º – A matrícula na disciplina do TCC será ratificada no Serviço de Graduação da FOB/USP durante o período previsto pelo calendário escolar da USP.

Parágrafo Único – Para concluir a matrícula os alunos deverão apresentar, devidamente preenchido, o formulário para conclusão da matrícula para o TCC (Anexo I deste Regulamento).

 

CAPÍTULO V – DA REDAÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO

Art. 7º – Quando seguir o formato de monografia, a redação final do TCC deverá ser realizada em língua portuguesa e seguirá diretrizes estabelecidas pela biblioteca da FOB para trabalhos dissertativos, disponível no domínio http://sddinforma.fob.usp.br/monografia/

Parágrafo Único – O capítulo de “Revisão de Literatura” poderá ser substituído por uma síntese bibliográfica, desde que bem fundamentada e contextualizada na literatura pertinente, a qual pode ser agrupada ao capítulo de “Introdução”, que será nominada “Introdução e Síntese Bibliográfica”

Art. 8º – Quando seguir o formato de artigo científico, a redação final do TCC deverá obedecer à guia de elaboração de trabalhos acadêmicos em formato de artigo para dissertações de Mestrado, disponível no Artigo XI, item XI.1 do domínio http://posgraduacao.fob.usp.br/wp-content/uploads/sites/155/2019/07/7769-PUBLICA%C3%87%C3%83O-REGULAMENTO-COA.pdf 

   §1 O periódico selecionado deve ser indexado às principais bases de dados, podendo o TCC em formato alternativo ser redigido na sua totalidade ou parcialmente em português ou inglês, em acordo com o Artigo XIII, item XIII.2 do domínio supracitado.
   §2 O aluno não precisa necessariamente ser o primeiro autor do artigo apresentado como TCC. Entretanto, no caso em que não for, é necessário que o orientador encaminhe junto ao TCC uma declaração assinada e impressa atestando qual foi participação do aluno enquanto autor do trabalho, relacionando-o com o tema do TCC.
   §3 Se enquadram também no inciso antecedente artigo a ser submetido ou submetido ao periódico. Nestes casos, o artigo deverá estar formatado nas normas do periódico escolhido pelos autores, sendo tais diretrizes e o protocolo (ou e-mail) de submissão (quando cabível) anexados ao documento como “Apêndice”
   §4 Artigos aceitos ou publicados podem fazer parte do TCC mediante autorização do periódico. A data de aprovação do artigo para publicação deve ter ocorrido, no máximo, em até seis meses previamente à matrícula do aluno na disciplina referente ao TCC.
   §5 Para os artigos já publicados ou aceitos, deve-se garantir que o uso seja exclusivo para o TCC, com manifestação dos coautores, dando ciência que o artigo não foi e nem será utilizado em outras dissertações e teses, conforme Artigo XI, item XI.3, do domínio supracitado do formato alternativo.

 

CAPÍTULO VI – DA ORIENTAÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO

Art. 9º – Caberá ao aluno a escolha do professor-orientador e, junto com o mesmo, será escolhido o tema.

Parágrafo Único – O aceite ao convite do aluno por parte do orientador, será opcional.

Art. 10º – O orientador deverá assinar o formulário para conclusão de matrícula juntamente com o orientado.

Art. 11 – A desistência por parte do orientador ou do orientado será formalizada junto à Comissão de Graduação mediante documento, especificando as razões.

Parágrafo Único – Caberá ao aluno procurar um novo orientador, encaminhando à Comissão de Graduação nova versão do formulário, corresponde ao da matrícula, com aval do orientador anterior.

Art. 12 – O orientador responsabilizar-se-á ética e legalmente pelo Trabalho de Conclusão do Curso.

Art. 13 – O orientador preencherá o relatório de avaliação final do desempenho do orientado(a), e ao final do período letivo deverá encaminhá-lo ao Serviço de Graduação (Anexo II deste Regulamento).

Art. 14 – A orientação do TCC será computada como carga didática, na graduação, para o orientador.

Art. 15 – A distribuição de tarefas do orientado durante a vigência da Disciplina de TCC será atributo do orientador.

Art. 16 – Ao professor-orientador caberá ajudar o aluno na escolha do tema e na definição dos rumos de seu trabalho.

 

CAPÍTULO VII – DAS DISPOSIÇÕES FINAIS

Art. 17 – O TCC em sua versão final, para referendo de aprovação, somente será aceito pela Comissão de Graduação, se acompanhado do relatório de avaliação final do desempenho do orientado(a).

Parágrafo Único – O TCC deverá ser entregue em arquivo formato PDF (gravado em CD), até o prazo final para encaminhamento de notas, pelo calendário da USP ao Serviço de Graduação da FOB.

Art. 18 – Caso o aluno não entregue o TCC no prazo acima determinado, não terá direito aos créditos correspondentes e nem a recuperação.

Art. 19 – Este regulamento se aplica aos alunos dos Cursos de Graduação em Odontologia e Fonoaudiologia da FOB/USP.

Art. 20 – Os fatos omissos serão resolvidos pela Comissão de Graduação da FOB/USP.